Traduza para seu idioma

Pesquise na internet

Siga você também!

Sobre o Artista

Meu nome é Gilmar Novaes, tenho 26 anos de idade, sou estudante de Artes Plásticas da Universidade de Brasília (UnB), nasci em uma cidade pequena chamada Santa Maria da Vitória na Bahia, mas quando completei 4 anos de idade, meus pais resolveram tentar uma vida melhor e viemos morar em Brasília.

Desde pequeno, eu tinha facilidade para o desenho, e acho que devo a evolução a minha mãe, que quando eu mostrava um desenho a ela, por mais feio que estivesse, ela dizia que estava bonito. Com isso ela me incentivou a persistir sempre, dessa forma acabei aprendendo mais, apesar de me julgar propriamente que não sei muita coisa de desenho.

A vida não era tão boa quando chegamos a Brasília, pois morávamos de aluguel, meus pais, minha irmã e eu, então eu nunca tive dinheiro para comprar materiais para desenho, usava sempre materiais simples e escolar. Com isso, o tempo foi passando, e aos 15 anos de idade comecei a correr atrás das coisas, pois precisava de dinheiro e meus pais não podiam me dar as coisas, então o desenho já começa a se fazer presente em minha vida, pois as meninas que estudavam comigo pediam para eu desenha-las, então eu cobrava R$ 10,00 e sempre estava desenhando alguém, com esse dinheiro eu comprava revistas que dava dicas sobre desenhos.

Durante minha vida eu sempre fiquei e ainda fico grandes períodos sem desenhar nada, por falta de tempo, ultimamente a Universidade que não deixa, mas sempre há alguma coisa que te chama novamente a praticar.

Acredito que todo esforço vale muito, pois às vezes nos desanimamos e deixamos de alcançar a vitória, e se você esta começando a desenhar agora e fica triste com seus desenhos, dou apenas um conselho: "A cada desenho, coloque o seu máximo, e se mesmo assim você não gostar do resultado obtido, não se preocupe, apenas continue praticando, e você vai perceber que esta melhorando, haja o que houver pratique sempre".

Quando paro, e penso em minha vida, vejo que já passei muitos momentos difíceis, e acho que hoje estou no meio da minha jornada em busca dos meus objetivos.

Agradeço à todos que admiram o meu trabalho e que me ajudam ou ajudaram para que eu consiga alcançar os meus objetivos.

Gilmar Novaes